O livro "José Mariano da Rocha Filho - Fotobiografia" já está disponível para compra na Livraria UFSM.

quinta, 24 de julho de 2014.

Um santa-mariense que nasceu em 12 de fevereiro de 1915. Formou-se em 1937 pela Faculdade de Medicina de Porto Alegre. No mesmo ano voltou a Santa Maria para lecionar na Faculdade de Farmácia, fundada em 1931 pela sua família. Marido e pai de doze filhos, seu grandioso feito foi a fundação da primeira universidade pública do interior do Brasil, a Universidade Federal de Santa Maria.

Todos esses momentos e muitos outros da vida de José Mariano da Rocha Filho estão muito bem descritos pela sua filha, Maria Izabel Mariano da Rocha Duarte, no livro publicado recentemente pela Editora UFSM, José Mariano da Rocha Filho: Fotobiografia. Olançamento do livro ocorre nesta quinta-feira (17), a partir das 17h, na sede do Museu Educativo Gama d’Eça, localizada na Rua do Acampamento, n° 81.

O livro resgata a história de Mariano da Rocha por meio de fotos e registros de documentos históricos do homem que participou ativamente da vida de Santa Maria. A fotobiografia é dividida em três capítulos: o primeiro apresenta aspectos da história de Mariano da Rocha, desde o seu nascimento até o casamento e regresso para Santa Maria; o segundo descreve a sua liderança no movimento pela interiorização da educação superior no Brasil, aborda sua atuação como professor e diretor da Faculdade de Farmácia, a criação da Associação Santa-Mariense Pró-Ensino Superior (Aspes) e a instalação de cursos superiores em Santa Maria; e o terceiro capítulo traz o personagem como fundador da primeira Universidade Federal do Interior do Brasil, retrata o projeto inovador da UFSM e sua concretização, bem como as repercussões da nova universidade.

A construção da Fotobiografia começou em 1995, quando a autora iniciou uma pesquisa sobre a trajetória de seu pai: “Eu agradeço muito aos meus pais, que desde o início estiveram sempre colaborando com a minha pesquisa, inclusive, quando eu me formei, o pai estava saindo da reitoria, e em vez de eu fazer minha especialização, passei a andar “para cima e para baixo” com ele”, conta Maria Izabel.

No ano de 2010, Maria Izabel começou o Mestrado em Patrimônio Cultural na UFSM e continuou falando sobre Mariano da Rocha por meio de uma biografia, que até então não existia. “Depois disso, fui incentivada pela minha orientadora, a Profª Maria Medianeira Padoin, que disse “vamos fazer uma fotobiografia!” e a partir daí comecei a pesquisa por fotos e documentos no acervo familiar”, descreve a autora. 

Mariano da Rocha não foi importante apenas para Maria Izabel - ela descobriu em sua pesquisa que até seu parto foi feito pelo pai - mas também para toda uma cidade que tem seus alicerces na educação e se tornou um dos maiores polos de ensino do país. Com o empenho deste homem, milhares de profissionais já se formaram numa instituição pública, e isso era um dos desejos mais evidentes na trajetória de José Mariano da Rocha Filho.

Aos interessados na aquisição do livro, ele está disponível para venda na Livraria da UFSM (próximo à entrada do Campus da universidade); na Livraria da Cesma (rua Professor Braga, nº 55) e também através do site da Editora, neste portal.