CTISM - Colégio Técnico Industrial da UFSM é pioneiro na implantação de cursos profissionalizantes com reconhecimento nacional

quarta, 18 de fevereiro de 2015.

Com as atividades iniciadas em 2007 o Núcleo de Educação a Distância (NEaD) está localizado no Colégio Técnico Industrial de Santa Maria – UFSM. Atua no desenvolvimento de cursos profissionalizantes pós-médio e FIC, das instituições de ensino superior e Institutos Federais, nas modalidades presenciais e a distância, com a preparação de materiais didáticos impressos e digitais que apoiam os ambientes educacionais nos cursos oferecidos pela Rede e-Tec, SETEC/MEC.

O CTISM acompanha e valida a produção de cadernos didáticos que servirão de aporte aos cursos técnicos, são objetos de aprendizagem multimídia interativos, infográficos, vídeos e áudios que são distribuído para outras instituições dos Eixos Tecnológicos (CNCT) Controle de Processos, Processos Industriais e Infraestrutura dos cursos do IFPE (Recife, PE), Politécnico CAFW-UFSM (Frederico Westphalen, RS), IFSUL (Pelotas, RS) IFMG (Ouro Preto, MG), IFCE (Juazeiro do Norte, Ceará) IFGO (Inhumas, GO), exigência da Rede e-Tec Brasil, que tem como finalidade desenvolver e ampliar a educação pública e gratuita utilizando a modalidade de educação à distância, nas regiões mais distantes e nas periferias das grandes cidades, objetivo do Ministério da Educação.

Segundo o professor Paulo Colusso, coordenador geral da Rede e-Tec, Economista e Mestre em Engenharia de Produção pela UFSM, que conta sobre o trabalho que o CTISM desenvolve e que tem como auxílio uma equipe multidisciplinar de excelência, qualificada, com 13 profissionais especialistas que auxiliam na preparação do material didático além de 76 professores (formadores, autores, revisores), 44 tutores à distância e 51 tutores presenciais. O Núcleo de Educação à Distância - NEaD realiza pesquisa com outros centros como o NPC do curso de Desenho Industrial da UFSM, de modelos de produção e distribuição para plataformas digitais móveis, os tabletes, tem também, o apoio e a parceria da UFSC através de Grupo de pesquisa PCEADIS/CNPq.

O coordenador Paulo esclarece sobre uma novidade, que em seguida estará à dispor dos alunos dos cursos técnicos do CTISM, a construção do estúdio de TV, que já está em fase de término e já funciona, e que irá alojar a produção de vídeo-aulas. No ano de 2014, o CTISM ofereceu mil e setecentas vagas para os cursos técnicos. Para o ingresso, o candidato a um dos cursos, precisa estar com o ensino médio completo. Neste ano são mais de 2000 vagas distribuídas nos seguintes cursos e colégios:

Agroindústria (CAFW), Informática para a Internet (CAFW/CTISM), Cooperativismo (CPOL), Fruticultura (CPOL), Manutenção e Suporte de Informática (CPOL), Automação Industrial (CTISM), Mecânica (CTISM), Segurança no Trabalho (CTISM), Espanhol Idiomas Sem Fronteiras (FIC-CTISM), Inglês Idiomas Sem Fronteiras (FIC-CTISM).

Desde a participação na abertura do edital oferecido pelo Ministério da Educação em 2007, o CTISM é o pioneiro na capacitação de profissionais técnicos presenciais e à distância em Santa Maria e que se estende por outras regiões, com expansão a todo país.

Atualmente, o Colégio Técnico Industrial de Santa Maria – CTISM, possui nove cursos ofertados em 21 polos espalhados em cidades do Rio Grande do Sul, com mais de 2000 mil alunos que são preparados e monitorados e que tem como grande diferença, à procura por diversas empresas que buscam suprir a demanda de mão-de-obra capacitada e especializada que o mercado exige e que o CTISM tem tanto a oferecer ao nosso país.

 

Kelly Martini

MTb 137.25

Assessora de Imprensa da FATEC