UFSM e SMDH/FATEC desenvolvem Chip ZR16LPO8 com Tecnologia e Design 100% brasileiro e que traz economia de energia elétrica nas residências.

segunda, 05 de setembro de 2016.

carimbo
Placa com chip embarcado.

A parceria entre a Universidade Federal de Santa Maria, a Design House - SMDH e a empresa Imply Tecnologia LTDA trazem ao mercado uma alternativa na redução de energia elétrica. Apresentada pelo coordenador do projeto, professor João Baptista, o RESBI, financiado 90% pela Rede SIBRATEC do MCTI, trata do desenvolvimento de um produto capaz de reduzir o consumo de energia quando os equipamentos eletrônicos encontram-se no modo de espera (standby). Para isto, existe a necessidade da inteligência de um Microcontrolador programado (ZR16LP08).Segundo o professor João Baptista, o objetivo do microcontrolador ZR16LP08, no âmbito do projeto RESBI (Redutor de Energia em StandBy Imply) é de reduzir e controlar o consumo de energia de equipamentos elétricos/ eletrônicos, através da interrupção completa do fluxo de energia para estes equipamentos quando estes estiverem no modo espera, sem haver a necessidade de desligá-lo completamente da tomada.

Dimensão do chip em comparação com a  ponta do lápis.

O projeto RESBI foi entregue oficialmente à Empresa Parceira no dia 22de julho de 2016. Na ocasião participaram da entrega além do professor João Baptista, o engenheiro Carlos Zaffari (Diretor Técnico da SMDH), o Sr. Tironi Paz (Presidente da Imply) e o Sr. Fabiano Horn (Diretor Técnico da Imply).A empresa tem a estimativa de entregar o equipamento ao mercado, já em 2017, com um custo aproximado de R$ 20,00 reais, um acessório que será encontrado em lojas de material elétrico e eletrônico em todo o território nacional. O equipamento redutor de energia deve ser conectado aos aparelhos eletroeletrônicos do lar tais como: televisor, rádio, micro-ondas, computador, impressoras, videogames, carregador de telefone, máquina de lavar, equipamento de som e player de DVD, Blu-ray, e outros que permanecem gastando energia quando plugados. A economia acontece com a utilização do equipamento conectado ao adaptador de tomadas, que se desliga quando não estiver sendo usado.  É muito importante ressaltar que o RESBI só não pode ser utilizado em geladeiras e aparelhos médicos.

A energia para o Microcontrolador é obtida da rede elétrica e/ou de uma bateria interna. O Microcontrolador faz o controle da energia e armazena na bateria usando a rede elétrica para o seu recarregamento, quando necessário.
O coordenador salienta a importância do auxílio prestado pela FATEC na gestão do projeto, que é fundamental, e que se torna impossível sem sua intermediação, amparo e suporte.

Kelly Martini – MTb 137.25
Assessora de Imprensa da FATEC