“Gamificação na Gestão de Pessoas”

segunda, 22 de janeiro de 2018.

Reunião da equipe do professor Alencar e a empresa Inteletus.

O Colégio Politécnico da UFSM, a empresa Intelectus e o SEBRAE desenvolvem projeto que imita a teoria dos jogos para a seleção de profissionais de maneira mais eficiente.

O projeto “Gamificação na Gestão de Pessoas” desenvolvido pela empresa Intelectus - Consultoria em Gestão Estratégica de Pessoas foi aprovado no edital de Inovação do SEBRAE. O projeto é financiado pela Intelectus e pelo SEBRAE e será executado em parceria com a UFSM. O professor Dr. em Ciências da Computação, Alencar Machado, do Colégio Politécnico da UFSM, coordena a execução do mesmo junto com Lidiane Bertê, diretora da empresa Intelectus.  O projeto envolve também alunos de iniciação científica e de mestrado da UFSM.

Com o objetivo de gamificar os processos de gestão de pessoas, ou seja, utilizar a linguagem dos jogos, que fazem com que os participantes sejam desafiados e vençam etapas no jogo, e com isso, oferecer para as empresas ferramentas dentro dos novos padrões tecnológicos, que atendam as novas necessidades de gestão das organizações que estejam adaptadas a linguagem das novas gerações.

O projeto também busca desenvolver uma plataforma para que as empresas consigam visualizar seus processos, tarefas e gestão de pessoas utilizando índices de produtividade. A gamificação na Gestão de Pessoas vai possibilitar com que pessoas sejam avaliadas em tempo real, além de permitir o acompanhamento do cumprimento de suas tarefas e avaliação do seu respectivo desempenho. Outro diferencial é a possibilidade de interação, através da plataforma e aplicativo entre as pessoas, para que os feedbacks e avaliações possam ser em tempo real, o que é um dos quatro princípios básicos da gamificação.

A equipe envolvida neste projeto, iniciado em setembro de 2017, começou trabalhando com um dos principais processos de gestão de pessoas que é o recrutamento e seleção, com o objetivo de estabelecer um protocolo para cadastro e seleção de currículos que possibilite ao setor de gestão de pessoas suprir a sua demanda de pessoal utilizando uma ferramenta que vai permitir uma maior interação da empresa com os candidatos, assim como, algumas etapas de avaliação online e a integração entre os ambientes virtuais a realidade dos processos seletivos. No início deste ano de 2018 os primeiros módulos do trabalho já começam a ser testados em empresas de Santa Maria.

Para o coordenador professor Alencar Machado a FATEC torna possível que projetos como esse sejam executados, pois ela facilita a parceria entre o setor público e o privado. É possível envolver alunos de iniciação científica e mestrado na busca de soluções para problemas vivenciados pelas empresas, e coloca eles em contato com a realidade do mercado de trabalho e os prepara, de forma mais integral os futuros profissionais. “Neste projeto especificamente, também contribui para o crescimento de pequenas empresas de nossa cidade”, enfatiza com grande satisfação o professor Alencar.

Kelly Martini – Mtb 137.25
Assessora de Imprensa da FATEC