Projeto de melhoria nos laboratórios do CEFD – UFSM promove captação e inclusão de um maior número de atletas e desportistas

terça, 23 de abril de 2019.

Bom dia !
Congratulações ao Prof. Dr. Luiz Fernando Freire Royes
do Departamento de Educação Física e Desporto do CEFD da UFSM e a toda a sua equipe que,
com este projeto pretende num curto espaço de tempo ampliar os laboratórios,
trazendo um melhor aproveitamento para a comunidade acadêmica e atlética,
incentivando o surgimento de mais desportistas na cidade e região, de forma coletiva e individual.
Esta matéria pode ser vista também na nossa página no facebook:
https://www.facebook.com/FATECSM/ 
Uma boa semana a todos
Adalberto Meller
Secret.Exec.FATEC

 Projeto de melhoria nos laboratórios do CEFD – UFSM promove captação e inclusão de um maior número de atletas e desportistas

O projeto “MODERNIZAÇÃO DO GRUPO DE LABORATÓRIOS ASSOCIADOS (GLAss)” tem como coordenador o Educador Físico, professor, Dr. Luiz Fernando Freire Royes, do Departamento de Educação Física e Desporto do CEFD da UFSM. O projeto tem o objetivo de modernizar a estrutura e os equipamentos do grupo de laboratórios associados (GLAss) e tem o intuito de:

- oferecer ambiente adequado para aplicação de protocolos de avaliação em biologia molecular, bioquímica, fisiologia, biomecânica e cineantropometria nas modalidades esportivas de futebol, futsal, futebol americano, atletismo e a canoagem;
- criação de um centro de avaliação de performance que atenda a programas de treinamento físico em diferentes estágios de formação de atletas nas modalidades esportivas descritas anteriormente;
- criação de banco de dados de parâmetros moleculares e funcionais que visem aumentar o desempenho nos sistemas orgânicos: muscular-esquelético, nervoso central e periférico e vascular de atletas;
- desenvolvimento de métodos de análise de variâncias biofuncionais acessíveis financeiramente e sem necessidade de treinamento refinado, mas com grau de objetividade e confiabilidade sobre o rendimento físico do atleta em diferentes situações esportivas;
- desenvolver formas dinâmicas de diagnóstico do desempenho físico nas modalidades esportivas descritas no presente projeto bem como acompanhamento do desempenho durante todo o processo de treinamento.

O professor coordenador justificativa o projeto considerando que a seleção e formação de talentos não podem ser baseadas no empirismo, e os grupos de pesquisa pertencentes ao GLAss buscam o reconhecimento não só pela sua rica atividade científica, mas também por fazê-la utilizando metodologias de ponta na aplicação das ciências do esporte à formação e ao treinamento de atletas. E para tanto, é necessário a aquisição de equipamentos analíticos que permitam uma investigação mais completa e ágil de marcadores biofisiológicos e comportamentais de todas as características de desempenho que o futuro atleta deve possuir e que poderá levá-lo ao alto desempenho. Esta pesquisa está de acordo com os princípios de aplicação de recursos pela rede nacional de treinamento, na medida em que:

a) O grupo solicitante é comprometido com a detecção, desenvolvimento e aprimoramento de talentos esportivos. A criação de novos protocolos de avaliação bifuncional possibilitará uma transferência do conhecimento gerado pelos pesquisadores do esporte para a prática profissional;
b) O grupo de laboratórios apresenta necessidade justificada de operacionalização dos métodos avaliativos que possibilitam interligar as diferentes estruturas esportivas da região central do estado do RS;
c) A expansão do conhecimento científico desenvolvido pelo grupo proponente dará suporte na preparação de atletas da base ao alto rendimento nas modalidades esportivas destacadas no presente projeto.

Desta maneira, a modernização dos laboratórios dará suporte à criação de um centro de detecção de talentos e avaliação de desempenho. A criação destes centros na região central do estado Rio Grande do Sul irá possibilitar com que entidades e clubes esportivos das diversas regiões do Brasil submetam seus atletas à análises mais acuradas de valências biofuncionais.

O professor Luiz Fernando Royes explica que a ampliação destes laboratórios trará melhor aproveitamento para a comunidade acadêmica e atlética e por que não, também, o incentivo para o surgimento de mais desportistas na cidade e região, de forma coletiva e individual e uma ampliação das possibilidades em função de melhor saúde e desenvolvimento de pesquisas neste sentido.

Laboratórios em melhoria:

Laboratórios em melhoria: Equipamento de medidas - Peso e Altura(Foto1), Equipamento para corrida e respiração(Foto 2), Equipamentos para análise do sangue de atletas(Foto 3), Menina realizando treino acompanhada por um profissional(Foto 4).

Biomecânica – laboratório que analisa o movimento humano de forma mais periférica;
Cineantropometria – laboratório que analisa e avalia a composição e a densidade interna do atleta (ossos, músculos, sangue...).

Para o professor Luiz Fernando a importância da participação da FATEC no desenvolvimento do projeto se dá pela excelência administrativa referente a licitações e compra dos materiais de consumo e permanente. Sabe-se que estes matérias são peças fundamentais para o funcionamento de todos os processos analíticos descritos no presente projeto.

Kelly Martini – MTb 137.25
Assessora de Imprensa da FATEC