O CTISM – UFSM oferecerá cursos de qualificação profissional na área de segurança do trabalho com o intuito de aprimorar as ações prevencionistas na área

segunda, 29 de abril de 2019.

 

 

O CTISM – UFSM oferecerá cursos de qualificação profissional na área de segurança do trabalho com o intuito de aprimorar as ações prevencionistas na área

O projeto “DIFUSÃO DE CONHECIMENTOS E SOLUÇÕES TECNOLÓGICAS NA ÁREA DE SEGURANÇA, HIGIENE E MEDICINA DO TRABALHO” tem como coordenador o Engenheiro Mecânico e em Segurança do Trabalho, professor Neverton Hofstadler Peixoto, com a participação do Engenheiro Químico e em Segurança do Trabalho, professor Leandro Silveira Ferreira, ambos do Colégio Técnico Industrial de Santa Maria – CTISM.

Professores Leandro Silveira Ferreira e Neverton Hofstadler Peixoto no Laboratório do CTISM - UFSM, local onde é ministrado o curso de qualificação profissional em Segurança do Trabalho

O projeto tem como objetivos:

- a difusão de conhecimentos e soluções tecnológicas na área de segurança, higiene e medicina do trabalho, através da cooperação mútua e intercâmbios a serem efetivados. O projeto,com foco em ações prevencionistas,objetiva complementar a formação técnica, através de conhecimentos operacionalizados em cursos, mini cursos, palestras, seminários, congressos, encontros, levantamento de riscos, visitas técnicas, laudos técnicos, convênios e assessoramentos técnicos a serem efetivados, bem como possíveis compartilhamentos e uso de infraestrutura de pesquisa, equipamentos e desenvolvimento tecnológicos e da contratação de serviços tecnológicos especializados, ou transferência de tecnologia;

- atender às pessoas físicas e jurídicas que necessitem de projetos de assessoria técnica, levantamento de riscos e laudos na área de segurança do trabalho, as quais impactarão diretamente na melhoria da qualidade dos ambientes ocupacionais;

- proporcionar a difusão de conhecimentos e soluções tecnológicas na área de segurança, higiene e medicina do trabalho, através da cooperação mútua e intercâmbios;

- apoiar atividades de pesquisa e extensão relacionadas à segurança do trabalho

Segundo os professores, devido à alta ocorrência dos acidentes de trabalho e doenças ocupacionais no Brasil e, no sentido de tentar reduzir esses índices, foram criadas as Normas Regulamentadoras - NR’s em Segurança e Medicina do Trabalho. A partir de 1978, as empresas e os profissionais prevencionistas têm procurado, através da aplicação dos dispositivos previstos nas NR’s e em outras normas nacionais e internacionais, melhorar os padrões de segurança no desenvolvimento das mais diversas atividades. Percebe-se que, mesmo com os esforços e melhorias, ainda há muito a ser feito para assegurar a qualidade nos ambientes de trabalho.

Quando se fala em difusão do conhecimento e soluções tecnológicas, se objetiva aperfeiçoamento dos profissionais prevencionistas (engenheiros de segurança, enfermeiros do trabalho, médicos do trabalhoe técnicos em segurança do trabalho), e participantes das comissões internas de prevenção de acidentes –CIPA e dos demais profissionais, principalmenteos envolvidos na melhoria das condições de trabalho e qualidade de vida dos colaboradores das empresas.

As constantes reformulações promovidas nas NR’s fazem com que esses profissionais precisem estar atentos na sua correta aplicação e que estejam constantemente atualizados sobre tudo que acontece na área. A evolução nos equipamentos de avaliação e monitoramento dos agentes ambientais (físicos, químicos, ergonômicos e biológicos) torna imprescindível, aos profissionais prevencionistas, o acompanhamento dessas novas tecnologias e sua aplicação no monitoramento e avaliação das condições dos ambientes de trabalho, com o objetivo de, a partir das avaliações realizadas, se proporem as medidas de controle pertinentes.

O conhecimento teórico/prático, descrito acima, exige um grande esforço dos profissionais prevencionistas, que necessitarão estar em constante estudo e atualização. O Colégio Técnico Industrial da UFSM e o curso Técnico em Segurança do Trabalho através de seus profissionais na área prevencionista, aliados aos equipamentos de seu Laboratório de Higiene Ocupacional, se propõe a ser uma ferramenta de apoio que permita a atualização e capacitação de profissionais na área prevencionista, e colaboração na realização de levantamentos técnicos pertinentes e em parcerias, e intercâmbios a serem estabelecidos.

Os cursos de qualificação iniciais têm previsão para serem ofertados em breve no CTISM – UFSM englobando entre aulas teóricas e práticas, um total de 12h/a por curso, ministrados às sextas-feiras e sábados, nas seguintes áreas: Avaliação Ocupacional do Calor: Teoria e Prática; Avaliação Ocupacional do Ruído: Teoria e Prática e Avaliação Ocupacional dos Agentes Químicos: Teoria e Prática; com mais informações em breve no portal da UFSM.

O coordenador Neverton comenta que a importância da parceria com a instituição para o desenvolvimento do projeto é: “A participação da FATEC se torna fundamental para a realização do projeto com o apoio administrativo por coordenar as ações na execução e aplicação transparente dos recursos recebidos e nas orientações referentes às várias outras demandas inerentes a organização dos mais diversos eventos e ações a serem desenvolvidos”.

Kelly Martini – MTb 137.25
Assessora de Imprensa da FATEC