FATEC - Nova estratégia para priorizar a substituição de transformadores em subestações de energia elétrica no Brasil é desenvolvida no Programa de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica da UFSM

Nova estratégia para priorizar a substituição de transformadores em subestações de energia elétrica no Brasil é desenvolvida no Programa de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica da UFSM

Postado em 13/01/2016.

O Projeto coordenado pelo professor Dr. Tiago Bandeira Marchesan trata das Estratégias para Substituição de Transformadores de Potência em Subestações com Foco no Risco de Falha, Fator de Impacto para o Sistema e Análise Monetária de Acordo com Panorama da Concessionária. Este nome tão extenso não poderia deixar de ser extremamente interessante para o segmento. Todo o projeto é acompanhado e tem como parceira a Universidade Federal de Santa Maria e a empresa DIAGNO Materiais e Meio Ambiente com sede em Curitiba- PR. A equipe de pesquisa é composta pelo engenheiro e gerente da CEEE Maycon de Oliveira, por professores, bolsistas de graduação, de mestrado e doutorado do curso de Engenharia Elétrica, bem como, por pesquisadores da empresa DIAGNO.

Motivação

A resolução normativa da ANEEL 443/2011, que estabelece a distinção entre melhorias e reforços em instalações de transmissão sob responsabilidade de concessionarias de transmissão e dá outras providencias, e, ainda a recente alteração dada pela resolução ANEEL 643/2014, principalmente no que refere ao fim da vida útil e necessidade de planejamento prévio da concessionária com vistas a plena utilização dos transformadores de potência, torna esta pesquisa e seu  desenvolvimento fundamentalmente importante para que a concessionária possua um ranking para substituição e avaliação das condições de operação do seu parque de transformadores.

Os transformadores de potência correspondem a aproximadamente 60% do investimento total necessário para a instalação de uma subestação de alta tensão. Considerando que a vida útil de um transformador de potência varia em média de 30 a 40 anos, e que o parque brasileiro de transformadores de potência já tem em média 30 anos de idade. As estratégias de investimento para a substituição ou reforma de transformadores são extremamente necessárias.

A substituição ou necessidade de reforma de um equipamento está pautada não somente no aumento do risco de falha do mesmo, um fator que depende da análise de diversos ensaios de diagnóstico, mas também, em seu grau de importância para o sistema e custos envolvidos. Em função das características citadas, podem ser traçadas, através de uma análise de multicritérios e diretrizes que conduzam a necessidade de substituição ou não de um equipamento e que promovam um melhor planejamento de investimentos por parte da concessionária. O projeto é financiado pela CEEE, mas a metodologia a ser desenvolvida no projeto também poderá ser aplicada a qualquer outra concessionária, requerendo apenas introdução no sistema computacional de condições específicas dos transformadores de seu parque, para a adequação das diferentes realidades de cada empresa e configuração de percentual de risco de falha e fator de impacto de cada equipamento que darão a consequente necessidade de substituição.

A relevância do projeto

O emprego de uma nova técnica de baixo custo para estimativa da vida útil do papel isolante do equipamento surge como possibilidade de agregar inovação as técnicas de análise da empresa DIAGNO por meio do intercâmbio científico com a universidade e a concessionária.

Para os pesquisadores da UFSM, o projeto permite aplicação dos conhecimentos científicos e aumento do know-how técnico por meio do intercâmbio de informações entre universidade, concessionária e empresa. Ressalta-se, ainda que, como fruto científico deste trabalho será constituída uma dissertação de mestrado e uma tese de doutorado, reservando os direitos de propriedade intelectual que serão divididos em partes iguais entre a concessionária CEEE, a empresa DIAGNO e a UFSM. Para o coordenador do projeto professor Dr. Tiago Marchesan a FATEC tem parcela fundamental para o sucesso de todo o projeto, que só se fundamenta com o apoio e a dedicação de cada um dos que compõem a equipe dessa instituição.

Kelly Martini

MTb 137.25

Assessora de Imprensa da FATEC

 




Ver todas Notícias.

Desenvolvido por Fernando Denardin