FATEC - Projeto de Extensão Rural CR Campeiro II do CCR-UFSM leva gestão tecnológica ao campo e traz benefícios à sociedade

Projeto de Extensão Rural CR Campeiro II do CCR-UFSM leva gestão tecnológica ao campo e traz benefícios à sociedade

Postado em 24/10/2016.

Este projeto, sob a Coordenação do Professor Enio Gioto e com a supervisão financeira administrativa da FATEC, tem uma amplitude digna de destaque pois abrange desde a informatização de produtores rurais, técnicos de entidades públicas e privadas que atuam no planejamento e na produção rural, até o desenvolvimento de soluções complexas de gestão aplicadas ao agronegócio.
As inovações tecnológicas desenvolvidas no contexto deste projeto e disponibilizadas ao público alvo rural, são também aplicadas a outros sistemas de abrangência nacional, através de convênios com a UFSM, como exemplos atuais, o Sistema de Mobilização  utilizado no Comando Militar do Sul e o Sistema de Fiscalização de Produtos Controlados pelo Exército Brasileiro. Em desenvolvimento um aplicativo para uso de Equipes Médicas e de Enfermagem em ambulâncias de atendimento de urgências e emergências, o qual será em breve disponibilizado gratuitamente para entidades como SAMU, Prefeituras Municipais, etc.
Destaque também para os cerca de 20 aplicativos android, para uso em diversas áreas do conhecimento que foram desenvolvidos no Projeto e são disponibilizados gratuitamente no Play Store da Google https://play.google.com/store/apps/developer?id=Laboratório+de+Geomática
Registra-se até o momento cerca de 200.000 instalações desses aplicativos.

 

 

 

O projeto “CR Campeiro II” coordenado pelo professor Dr. Enio Giotto, na equipe, junto ao Laboratório de Geomática do Departamento de Engenharia Rural do Centro de Ciências Rurais, atuam oito alunos de cursos técnicos, graduação e mestrado que desenvolvem o projeto, iniciado há 20 anos, e que na sua segunda fase está em pleno desenvolvimento.

O objetivo do estudo é dar continuidade ao projeto de extensão, agregando novas metodologias de ensino e de transferência de tecnologia, enfocando principalmente a modalidade de Ensino a Distância/EAD. O projeto tenta difundir o sistema de gestão rural de propriedades e cadastros técnicos com multifinalidades com tecnologias de geoprocessamento junto, aos produtores rurais, profissionais liberais rurais, associações, empresas públicas e privadas e universidades.
Foto 1

Legenda 1-Informatização de produtores rurais observando à disponibilidade de sistemas aplicativos de gestão agropecuária e ambiental através de cursos de treinamento e de capacitação ofertados na UFSM e ministrados por bolsistas treinados,
-Informatização de técnicos de entidades públicas e privadas que atuam em planejamento, consultoria e assistência no meio rural, com sistemas relativos às suas áreas de formação profissional e de desenvolvimento de atividades

-Disponibilidade de instrumentos de gestão informatizada, em sistema corporativo, para empresas de fomento, integração agropecuária, cooperativas e agroindústrias e outros organismos públicos ou privados,
-Disponibilidade de sistemas técnicos e gerenciais de aplicação no agronegócio, para professores e alunos de cursos de formação profissional afins à área rural,
Foto 2 


Objetivos do projeto

-Disponibilidade de sistemas de gestão georreferenciada de atividades públicas aplicáveis à Defesa Sanitária Animal e Vegetal e ao Cadastro Rural e Ambiental, que visa atender demandas de órgãos oficiais e privados dessa área,
-Contribuir com instituições de ensino, pesquisa e extensão do Brasil e Exterior, com aplicativos para uso didático e de suporte para pesquisas e suas ações de extensão nas áreas afins.
-Contribuir em sua área de conhecimento com ações previstas em Convênios, Termos e Acordos de Cooperação Técnico, Científica e Cultural firmados pela UFSM e outras instituições,
Para que sejam efetivados os conhecimentos são realizados cursos de treinamento e capacitação para operar o sistema de gestão, que tem características únicas no país, sem encontrar iniciativa igual no país, a execução tem baixo custo na sua aplicabilidade e em síntese o resultado pretende disseminar vários níveis de usuários dos aplicativos nacionais produzidos em uma Universidade Pública Brasileira/UFSM com acessibilidade à sociedade, sem custos de aquisição e manutenção que caracterizam o mercado de soluções de informática e baixo custo a quem deseja aplicar visando lucratividade.

Legendas fotos 1 e 2: auxiliam no controle e nas demandas de fiscalização do Comando Militar do Sul 

Justificativas do projeto
-Oferecer treinamento e capacitação nas modalidades do ensino à distância e presencial nos sistemas desenvolvidos pelo Laboratório de Geomática, do Departamento de Engenharia Rural, voltados à gestão rural e ambiental com a agregação de geotecnologias,-As ações de extensão são executadas pelos alunos de graduação dos cursos de Agronomia e Engenharia Florestal do Centro de Ciências Rurais, bem como, do Curso de Geoprocessamento do Colégio Politécnico e alunos de pós-graduação dos cursos de Geomática, Engenharia Agrícola e de Agricultura de Precisão, proporcionando a aplicação de conhecimentos junto ao corpo discente da UFSM,

Foto 3

-Através da apresentação dos Sistemas em Congressos, Seminários e Simpósios e no relatório final da ação de extensão, o projeto dissemina conhecimentos a outros estudantes e professores da própria instituição e de outras IES,

 


Foto 4

O Projeto CR Campeiro II é estruturado sobre sistemas computacionais integrados com diversas ferramentas de gestão, de análises técnicas e de geoprocessamento em plataformas Desktop, Móvel e Web que irão auxiliar o aluno, o professor, o produtor rural, o profissional, o gestor público e a instituição no alcance de seus objetivos. Dentre os tópicos utilizados no ensino à distância destacam-se os listados a seguir.

Legendas fotos  3 e 4 : Palestra de formação auxílio ao SAMU

Aplicabilidade do projeto
-Administração Rural - proporciona a gestão financeira de propriedades rurais cadastradas com objetivo de monitoramento de atividades econômicas da exploração rural, através do registro de despesas e receitas, proporcionando a análise de fluxo de caixa e emissão de relatórios gerenciais da atividade,
-Agricultura Familiar - apresenta uma concepção de gestão das atividades desenvolvidas na pequena propriedade rural, independente do tipo de exploração praticada,

Foto 5 - Agricultura de precisão 

-Agricultura de Precisão - aplicativo completo para a gestão de procedimentos que envolve o uso de geotecnologias como sistemas de posicionamento global (GPS – Global Positioning System) usado no manejo de culturas agrícolas, em mapeamentos de fertilidade do solo, produtividade, aplicação de insumos, o que está diretamente relacionada ao manejo da variabilidade de espaço e temporal de diversas variáveis de solo sua composição química e composição física, de planta (cultivar, densidade de plantio, nutrientes absorvidos, ataque de ervas, fungos, insetos), clima (temperatura, umidade, luminosidade, vento) e externos (invasão de animais) que influenciam na produtividade de uma cultura, e seus  processos envolvidos na implantação, condução e colheita, 

-Bovinocultura de Corte – atividade relacionadas à exploração pecuária nas propriedades administradas pelo Sistema Campeiro II desenvolvida em três níveis distintos e não obrigatoriamente interligados: Nível de Rebanhos, Nível de Lotes e Nível Individual,
-Bovinocultura de Leite - abrange dois enfoques: Gestão do Rebanho Leiteiro e Acompanhamento de Produção e de Produtividade Animal. A gestão do compreende todo o processo de controle e monitoramento de atividades relacionadas a Manejo Nutricional – Alimentação, Evolução de Peso; Manejo Reprodutivo – Coberturas, Partos, Desmamas e Secagens e Manejo Sanitário – Vacinações e Tratamentos,
Foto 6 - Programa que auxilia no nivelamento da lavoura

-Gestão Técnica de Lavouras - atividades desenvolvidas em propriedades rurais, a gestão técnica de lavouras é aplicada ao monitoramento dinâmico de ações exercidas na condução de lavouras agrícolas, desde a sua implantação até a colheita. No Sistema de Administração Rural, a gestão enfoca elementos financeiros envolvidos no fluxo de caixa, e principalmente o gerenciamento dos processos administrativos empregados,
-Geoprocessamento- processamento informatizado de dados georreferenciados é empregado em vários sistemas de gestão, com objetivo de integrar no processo de gestão espacial, com aplicação em bancos de dados espaciais, cartografia, geodésia, sensoriamento remoto, topografia e outros elementos relacionados. As principais funções são: Espacialização de Mapas, Shapes e Imagens Georreferenciadas, Georreferenciamento de Imagens Digitais, Criação e Edição de Bancos de Dados Geográficos, Operações com Imagens DTM: ASTER e SRTM, Operações de conversão e edição de Arquivos Shape, Sensoriamento Remoto - Interpretação de NDVI, Interface de Espacialização de Dados com Google Earth e GMAPS e Geoestatística. Destacam-se nesse emprego os Sistemas GEOAVES, GEOSUINOS, GEOLEITE E GEODSA,

-GPS/Sistemas de Posicionamento Global - O CR Campeiro apresenta várias funções relacionadas ao emprego de aparelhos de Sistemas de Posicionamento Global, comumente denominados de GPS. Estas funções vão desde a conectividade online com o aparelho, através de recebimento em tempo real da posição rastreada com a leitura da sentença NMEA, e também operações de descarga de pontos e trilhas armazenados no interior do GPS, ou de carga destes elementos para o aparelho, para posterior navegação a campo.

-Nutrição Animal - objetivo de auxiliar na gestão de rebanhos de corte e leite, através do registro de alimentos, formulações de rações, cálculos de necessidades nutricionais para a produção e cálculos de capacidade de silos trincheira. O Registro de Alimentos consiste no cadastro de análise bromatológica de qualquer item nutricional que seja destinado à alimentação do rebanho, juntamente com o preço por Kg deste alimento, com o objetivo de cálculo de valores de rações e dietas estabelecidas,  

-Silvicultura – tem por objetivo o Processamento de Dados de Inventário Florestal de Florestas Plantadas e aplicação de Processos Estatísticos empregados no Manejo Florestal, que que consiste preliminarmente no cadastro de parcelas amostrais e dos registros de elementos dendrométricos de árvores destas parcelas amostrais e após, os cálculos de área basal, volume, distribuição de frequências e de volume por classes de diâmetro das parcelas e do conjunto do inventário com análise estatística, gerando modelos digitais de espacialização destes elementos na superfície de forma análoga aos procedimentos adotados na Agricultura de Precisão,

-Suinocultura - abrange os seguintes enfoques: Cadastro de Animais – UPL, Cadastro e Manejo de Lotes – Terminação/Nutrição, Manejo Reprodutivo – Produção – UPL, Custo de Produção de Leitões, Manejo Sanitário – UPL. A gestão do rebanho compreende todo o processo de controle e monitoramento de atividades relacionadas a atividades da suinocultura,

-Topografia - sistema Especialista do CR Campeiro, de característica independente, não é vinculado ao processo de gestão e se destina como uma ferramenta auxiliar ao usuário do programa, ao processamento de dados espaciais, oriundos de diversos métodos de obtenção desses dados com objetivo principal de ser um sistema computacional para processamento de levantamentos topográficos, tanto planimétricos como altimétricos, proporcionando ao usuário total interatividade visual, que tenha nas funções do programa, soluções fáceis e eficientes no processamento de dados de campo.

-Avicultura - gestão da exploração da Avicultura de Corte, compreende o cadastro de aviários em termos de caracterização da infraestrutura dos mesmos para fins de alojamento, cadastro e manejo de Lotes para terminação e registros de manejo,

-Defesa Sanitária Animal e Vegetal - destinam-se a órgãos oficiais de governo que desenvolvem estes tipos de atividades, e tem por objetivo o registro georreferenciado de propriedades rurais, a identificação da atividade principal de produção agropecuária, a definição de estratégias de ação para a defesa em termos de controles sanitários, a emissão de guias de transporte animal, registro de dados de certificação de produtos. Emprego de sistemas de tecnologia móvel para levantamentos de dados a campo, em propriedades e barreiras,
Foto 7 - Nivelamento da lavoura com uso de máquina equipada  

-Cadastro Rural e Ambiental – o Cadastro Multifinalitário Rural do Sistema Campeiro, compreende em nível de município, com finalidades de gestão, o registro georreferenciando de todos os produtores e imóveis rurais do munícipio, caracterizando nestes as atividades de exploração produtiva, infraestrutura e de impacto ambiental.

-Gerenciamento de Sistema Viário Municipal – o Gerenciamento Viário Rural visa o cadastro de estradas municipais e a gestão de atividades do poder público municipal em relação às mesmas, em termos de operações de construções, conservação, reparos e outras, incluindo obras de arte e a supervisão de transportes, gestão de máquinas e equipamentos rodoviários do patrimônio municipal,
-Sistema de Inspeção Municipal - sistema para fins de Cadastro de Estabelecimentos Municipais que processam e ou industrializam produtos de origem animal, como matadouros e que sejam conforme a legislação submetidos à Inspeção Municipal.
Resultados esperados
A melhoria da formação acadêmica de alunos de graduação e de pós-graduação da UFSM, a capacitação de assistentes técnicos e de gestores públicos e privados em sistemas de gestão com geotecnologias incorporadas e dar sustentabilidade a projetos e convênios de cooperação técnico, científica e cultural entre a instituição e outras entidades públicas ou privadas.

O coordenador Enio fala sobre a mediação da FATEC na realização da pesquisa, “A execução do projeto através da FATEC tem sido muito importante em razão da agilidade no trâmite de demandas, transparência e comprometimento da equipe de colaboradores com o sucesso do projeto”, salienta o coordenador Enio.

Kelly Martini – MTb 137.25
Assessora de Imprensa da FATEC

 




Ver todas Notícias.

Desenvolvido por Fernando Denardin