FATEC - Colégio Politécnico desenvolve projeto em geoprocessamento que auxilia na gestão de propriedades de avicultura e suinicultura no RS

Colégio Politécnico desenvolve projeto em geoprocessamento que auxilia na gestão de propriedades de avicultura e suinicultura no RS

Postado em 26/12/2016.

Ao encerrarmos o ano de 2016, mostramos mais um projeto com a gestão financeira e administrativa da FATEC, esse, do Colégio Politécnico da UFSM  que trata do  “Desenvolvimento de Tecnologias e Ferramentas de Gestão em Propriedades Produtoras de aves e suínos visando a sua Organização e a Defesa Sanitária Animal no Estado do RS” . Parabéns ao Professor Sangoi coordenador do projeto, e a toda sua equipe !
Essa matéria pode ser vista também na nossa página no facebook    https://www.facebook.com/FATECSM/?fref=ts
Aproveitamos para desejar a todos os nossos colaboradores um ano de 2017 cheio de realizações e que a paz, a saúde e o amor estejam presentes em todos os dias deste novo ano que se inicia. Feliz Ano Novo!
Adalberto Meller
Sec Exec FATEC

O projeto “Desenvolvimento de Tecnologias e Ferramentas de Gestão em Propriedades Produtoras de aves e suínos visando a sua Organização e a Defesa Sanitária Animal no Estado do RS”, é coordenado pelo professor Dr. médico veterinário Luiz Fernando Sangoi, e que teve início no primeiro semestre de 2016, com previsão de término para 2018.

O objetivo do projeto é desenvolver tecnologias e ferramentas, que buscam qualificar a aprendizagem junto aos acadêmicos dos cursos técnicos, tecnológicos e da pós-graduação, relacionadas ao agronegócio, através do desenvolvimento de um Sistema de Gestão e Geoprocessamento das atividades das cadeias da avicultura e suinocultura, com o objetivo de disponibilizar ferramentas que auxiliem o planejamento da Defesa Sanitária Animal no Estado do Rio Grande do Sul.

Aplicação da tecnologia

A tecnologia do geoprocessamento por sua especificidade, importância e gama de aplicação é de suma importância para o setor agropecuário, e deve ser trabalhada de forma integrada com todos os segmentos agrários que podem ser beneficiados e incrementados com suas tecnologias.

O desenvolvimento destas tecnologias dentro da UFSM faz parte do Projeto de Ciência Rural (CR)Campeiro, projeto coordenado pelo professor Dr. Enio Giotto do Centro de Ciências Rurais/CCR da UFSM, e que faz parte das ações de difusão de tecnologia aplicada a gestão agropecuária e a agricultura de precisão dos cursos técnicos, tecnológicos e do curso de Pós-Graduação em Agricultura de Precisão do Colégio Politécnico da UFSM.

É neste contexto que a gestão da propriedade rural familiar, com ênfase na exploração da avicultura e suinocultura, empregando e ou associando tecnologias/práticas de agricultura de precisão, permitem expressivos ganhos de produtividade a partir do manejo correto e dos demais procedimentos informatizados de registro e análise de dados de todo o processo da produção, envolvendo manejos sanitários, complementando com a total rastreabilidade da produção, impactando em ganhos diretos não só para o produtor como para toda a sociedade, na qualidade do alimento produzido.

Foto: professor Luiz Sangoi e sua equipe na mostra de trabalhos do V Congresso e Feira Brasil Sul de Avicultura, Suinocultura e Laticínios AVISULAT 2016 – Feira de Equipamentos, Serviços e Inovação, ocorrido entre os dias 22 a 24 de novembro de 2016 em Porto Alegre.

Os resultados esperados

A Universidade Federal de Santa Maria/UFSM, busca atender a base da educação: Ensino, Pesquisa e Extensão, realizando atividades de pesquisa científica e tecnológica, que visam a capacitação de seus estudantes, promovendo o alcance da autonomia tecnológica, realizando o desenvolvimento econômico e social da sociedade, transferindo o saber do ambiente universitário para o social, transformando o resultado de pesquisa em riqueza econômica e da comunidade. A gestão da propriedade rural, empregando e ou associando tecnologias e práticas de geoprocessamento, permite expressivos ganhos de produtividade.

Os demais procedimentos informatizados de registro e análise de dados de todo o processo da produção, envolvendo a sanidade e a rastreabilidade do produto, impactam em ganhos diretos não só para o produtor como para toda a sociedade, dessa forma, serão desenvolvidos em novos aplicativos de tecnologia móvel, voltados a gestão das propriedades produtoras de aves e suínos e a difusão dessas ferramentas de geoprocessamento são disponibilizadas a essas cadeias e sociedade, na plataforma de downloads do Google Play Store, disponível pelo acesso da Internet.

O projeto tem conquistado visibilidade e repercute através das ações de sua aplicabilidade, comenta com entusiasmo, o coordenador que participou com sua equipe de professores do projeto, no V Congresso e Feira Brasil Sul de Avicultura, Suinocultura e Laticínios AVISULAT 2016 – Feira de Equipamentos, Serviços e Inovação, que ocorreu entre os dias 22, 23 e 24 de novembro de 2016 em Porto Alegre.

O coordenador Luiz Fernando explica que, a parceria com a FATEC é de grande importância para o desenvolvimento desse projeto de pesquisa, pois ela se encarrega da administração financeira e jurídica, deixando aos participantes, somente com o desenvolver do projeto.

Kelly Martini – MTb 137.25
Assessora de Imprensa da FATEC




Ver todas Notícias.

Desenvolvido por Fernando Denardin